13 de jan de 2014

Resenha: O Diário de Helga - Helga Weiss

  • Livro: O Diário de Helga
  • Autora: Helga Weiss
  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 238
  • Ano: 2013

Terminei hoje a leitura de mais um livro fantástico: O Diário de Helga, que relata a vida da garota durante os anos da segunda guerra e como conseguiu sobreviver aos campos de concentração.  Helga começou a escrever seu diário com oito anos, quando a Tchecoslováquia, seu país, havia acabado de ser ocupada pelas tropas da Alemanha nazista - logo após começaria a perseguição aos judeus. Ela continuou a escrevê-lo quando foi levada com sua família ao campo de concentração de Téresin, em 1941, e seus relatos e desenhos, escritos nas folhas de um caderno, só sobreviveram porque seu tio os escondeu dentro das paredes dos prédios do campo. 


No começo do livro, o relato de Helga é simples, infantil, descrevendo todos os acontecimentos sob a visão de uma criança. Helga conta como foi quando sua cidade, Praga, fora tomada pelas tropas - quando ela não pôde mais frequentar a escola, quando seus pais perderam o emprego, quando não podiam mais fazer compras em lojas arianas, quando foram obrigados a usar sempre a estrela amarela de David, para mostrar a todos que eram judeus, e quando começou o terror dos "transportes" - famílias inteiras eram obrigadas a juntar seus pertences e partir para a estação, de onde eram levadas a locais desconhecidos.



O relato de Helga é inocente, ingênuo, sempre positivo. Sempre achavam que a guerra iria acabar na próxima semana, no próximo mês, jamais imaginavam o horror em que estavam afundando. Conforme o tempo passa, percebemos na narrativa o amadurecimento da garota e o aprofundamento de suas reflexões. Certas partes chegam a ser até engraçadas, tal é a forma irônica e sarcástica que ela encontrou para tentar viver o horror em que se encontrava. 

"Todos os pacientes foram transferidos, durante a noite, da escola junto à Bauhof, que até hoje servia como hospital; o prédio foi pintado e limpo, carteiras foram trazidas e, pela manhã, uma enorme placa brilhava à distância: Knaben und Madchenschule - "Escola de Meninos e Meninas". É realmente linda, como um colégio de verdade, porém faltam alunos ou professores. No entanto, esse inconveniente foi resolvido de maneira simples: um pequeno cartaz anunciando Ferien - "Férias".


Algumas partes do livro foram escritas após a guerra, conforme Helga se lembrava dos acontecimentos, mas não deixa de ser muito vívido. O livro é um relato emocionante, sincero e real. Indico esse livro incrível a todos. Me lembrou um pouco O Diário de Anne Frank, outro livro que indico a todos, por sinal. No final, também há uma entrevista com Helga, onde ela esclarece algo que sempre me deixou intrigada: o que aconteceu com os judeus após a guerra? Como retornaram às suas vidas? Se é que retornaram... E também muitas notas explicando melhor certas partes da história. O formato com as notas no final ficou muito bom, pois é comum o livro ficar cansativo e  lento quando as notas misturadas à história.

Achei muito bom! Nota: 4,5!

Rapidinhas (notas de 0 a 10):

  • Enredo: 10
  • Diagramação: 9,5
  • Capa: 9,5
  • Revisão: 9
  • Dificuldade: 5

8 de jan de 2014

Quer trocar um livro?


Olá! Então eu estava fazendo uma organização em meus livros, arrumando minha estante e acabei redescobrindo livros que hoje não fazem muito sentido para mim, e como estão em ótimas condições resolvi separá-los para troca. Sei que tem muita gente que adoraria poder tê-los e lê-los e, se você tem uma conta no skoob e se interessar por algum, pode me procurar!

1 - Crepúsculo - Livro de anotações da diretora
Este é um livro super dinâmico e interessante das anotações da diretora de Crepúsculo, mostrando basicamente como foi gravar o filme. É legal tanto para quem gosta de Crepúsculo, como para quem gosta de cinema. Está em condições excelentes, quase novo, é capa dura e possui 176 páginas.

 2 - Diários do Vampiro - O Despertar
Comprei Diários do Vampiro faz um tempo, e li apenas esse livro da série. É legalzinho, essa é a sinopse: Em Fell Church, uma cidade pacata em West Virginia, a garota mais popular da escola Robert E. Lee apaixona-se por um vampiro com quatrocentos anos. Com a ajuda das amigas, Meredith e Bonnie, Elena fará tudo para seduzir Stefan. E Stefan fará tudo para proteger Elena… dele mesmo. O adolescente de olhos verdes, rosto clássico escondem um passado sombrio e uma sede que não consegue controlar. Com ele, arrasta a memória de um amor perdido e um irmão que apenas deseja vingança. Em Florença, no Renascimento, Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor da mesma mulher. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo. Diários do Vampiro – O Despertar é a introdução a um triângulo amoroso arrepiante: a história de dois irmãos vampiros que se odeiam e de uma garota que se vê dividida entre os dois.




 3 - Diários do Vampiro - O Confronto
Este livro está em ainda melhores condições porque eu não o li, é quase novo. É a continuação da série, o número 2, e não tenho mais interesse em continuar a série por isso quero trocá-lo.



4 - Formaturas Infernais
Uma série de contos de formaturas que não aconteceram bem como o planejado. É legalzinho, mas já li e não é um livro pelo qual eu tenha me apaixonaaado, não sinto necessidade de guardá-lo, mas é legal. Está em boas condições, um pouco avariado pelo tempo, pois o comprei em 2008.


 5 - Para Sempre
Sobre esse livro, eu só sei que é o primeiro de uma série chamada Os Imortais, e mais nada porque eu não o li. Está em ótimas condições.





6 - Os Diários de Nick Twisp
"Nick Twisp tem 14 anos e, apesar de intelectualmente avantajado se comparado aos ogros do sistema educacional público, é virgem. Ao conhecer a bela, inteligente e irônica Sheeni, ele testemunha a derrocada de sua vida de filhinho de mamãe... Para conquistar A Mulher da Sua Vida, Nick enfrentará um caminhoneiro e um policial nojentos, um poeta afetado, a polícia federal e inúmeros processos na justiça... Mas, por Sheeni, tudo vale a pena." Só que nem tanto assim. Eu abandoei esse livro, pois chegou uma parte que achei cansativa e o livro que no começo era super engraçado e tudo de bom, se tornou muito chato. Mas está em ótimas condições, e quem sabe no final fica mais legal, pois abandonei antes da metade.





7 - Divergente
Eu já comentei o que achei de Divergente num post antigo, e não consegui achá-lo, acho que apaguei, mas enfim: não curti muito não, esperava mais e por isso vou trocá-lo. Está em ótimas condições, comprei-o ano passado e só foi lido uma vez.




8 - Como Ser Popular
Esse livrinho da Meg Cabot é fofinho, mas nunca o li. Confesso que ainda estou meio em dúvida se quero trocá-lo ou não, mas acho que sim. Está praticamente novo também.



9 - A Mediadora  
Outro livro da Meg Cabot que eu não li, só sei que é o primeiro de uma série ou trilogia, e fala sobre algo sobrenatural. Está em ótimas condições também.

10 - Cabeça de Vento
Mais um livro da Meg, comecei a ler e achei legal, mas não terminei e não tenho mais vontade de continuar a lê-lo. Está em ótimas condições também.


 11 - Marcada
Começo de uma série, abandonei no começo nem sei porquê, pois até que estava legalzinho. Também está em ótimas condições.


12 - Traída
Segundo livro depois de Marcada, não li está realmente praticamente novo hehe

 13 - Escolhida
Também não li. Está mesmo quase novo também.




Ufa, finalmente terminou hehe

Link do meu perfil no Skoob: AQUI.